Direcção Nacional de Extensão Agrária Versão para impressão
  1. São funções da Direcção Nacional de Extensão Agrária:

 

  1. Operacionalizar o Serviço Unificado de Extensão (SUE) e o Sistema Nacional de Extensão (SISNE);
  2. Coordenar a distribuição geográfica e de áreas temáticas de intervenção das Organizações Não-Governamentais (ONG´s) e Sector Privado que pretendem prestar serviços de extensão no País, tendo em conta as necessidades e prioridades nacionais;
  3. Participar no processo de desenvolvimento das tecnologias agrárias;
  4. Divulgar e transferir tecnologias agrárias apropriadas para os produtores;
  5. Facilitar o processo de adopção das tecnologias pelos produtores do sector familiar;
  6. Coordenar a implementação e divulgação de boas práticas agrícolas adaptadas às mudanças climáticas que contribuam para o uso sustentável dos recursos naturais;
  7. Promover e fortalecer as organizações de produtores através de formações, assistência técnica e disseminação de informações úteis;
  8. Coordenar a implementação de acções sobre assuntos transversais com especial ênfase na gestão de recursos naturais, mudanças climáticas, segurança alimentar e nutricional, género e HIV-Sida no sector agrário;
  9. Realizar outras actividades que lhe sejam superiormente determinadas nos termos do presente Estatuto e demais legislação aplicável.

 

  • A Direcção Nacional de Extensão Agrária é dirigida por um Director Nacional coadjuvado por um Director Nacional Adjunto.