DISTRITO DE BÚZI: Acolhe VIII Conselho Coordenador do MINAG Versão para impressão

webuzi13O Distrito de Búzi, na Provincia Central de Sofala, acolheu entre os dias 14 a 16 de Agosto de 2014 o VIII Conselho Coordenador do Ministério da Agricultura, orientado e presidido pelo Ministro da Agricultura, José Condugua António Pacheco e sob o lema "Pela Produtividade Agrária, Segurança Alimentar e Nutricional e Geração de Riqueza". o evento que teve lugar na Sala de Conferências do Governo do Distrito de Búzi, apreciou 19 pontos de agenda entre os quais o balanço da implementação das decisões do VII Conselho Coordenador, realizado em Inhassoro, Província de Inhambane; apreciou igualmente o balanço do Plano Quinquenal do Governo, 2010-2014 do sector agrário; balanço preliminar da Campanha Agrária 2013-2014; balanço da sanidade animal; abordagens estratégicas, planos e perspectivas.

webuzi17

O VIII Conselho Coordenador do MINAG no final dos três dias de debates emanou as seguintes deliberações:

  1. Prosseguir com Zoneamento Agro Ecológico em escalas de maior resolução, para espaços específicos de grande demanda da terra, por exemplo, os corredores de desenvolvimento agrário, Província de Tete, região de Palma, entre outros;
  2. Incluir, no diagnóstico situacional, avaliação de factores internos, sobretudo humano, para gerar mudança de comportamento e atitude;
  3. Avaliar a necessidade de cadrastar os produtores assistidos pelos serviços de extensão;
  4. Os planos de crescimento dos subsectores deverão ter em conta o compromisso no âmbito do PEDSA para cado ano, acrescido das diferenças resultantes de incumprimentos das metas nas campanhas precedentes;
  5. A perspectiva de produção agrária no País deve endereçar os mercados de exportação, sabendo de antemão que, para exportar, devemos primeiro satisfazer as necessidades nacionais;
  6. As instituições deverão assegurar disponibilidade de vagas nos seus quadros de pessoal, disponibilidade de verbas, bem como tomar medidas para reverter os efeitos das condições climáticas adversas, de modo a garantir o cumprimento dos planos;
  7. A valorização dos produtos locais da agricultura é uma iniciativa que deve contribuir para diversificação da oferta, bem como para satisfazer necessidades alimentares prementes e gerar impacto nos mercados alimentares nacional e global;
  8. A produção e acréscimo de valor dos produtos agrários deverão ser estimulados pelo consumo de produtos nacionais, por exemplo, nos produtos madereiros, carteiras, secretárias, mesas, etc;
  9. No exercício de suas funções, os funcionários deverão ser guiados pelo princípio segundo o qual o público tem sempre razão, sobretudo porque é a ele que devemos servir;
  10. Os funcionários deverão assumir atitude de trabalhar para a Pátria e em obediencia á legislação nacional e não para satisfazer interesses específicos;
  11. A definição de indicadores de desempenho do sector deve corresponder à dinâmica do sector, devendo os instrumentos de monitoria ser ajustados para medir o progresso de produtos que ganham relevância no processo;
  12. Massificar a produção de mudas de caju à escala nacional e fazer esforços para elevar a posição que o País ocupa no ranking internacional;
  13. Identificar produtores modelos e escolas para o estabelecimento de pomares de caju e reflectir sobre a institucionalização de um prémio "Melhor produtor de caju"; estabelecer sistema de comercialização à escala de produtos e subprodutos do caju em estabelecimentos comerciais apropriado e de fácil acesso ao público e
  14. Operacionalizar a transformação do Centro de Nassuruma e de Namialo em centros especializados de pesquisa do caju e do algodão, respectivamente.

 

Faziam também parte da agenda do VIII Conselho Coordenador do MINAG, reunião com produtores locais, visita às obras da Residência do Director dos SDAE de Búzi e Comício Popular. No Comício, Sua Excelência MINAG procedeu a entrega 100 Títulos de DUATs para produtores do distrito de Búzi; de 5 viaturas e 47 motorizadas à Direcção Provincial da Agricultura e SDAE Búzi, para incremento da assitência aos produtores; 60 carteiras e equipamento desportivo para a Escola EPC de Chirimoni, bem como capulanas para o Grupo Cultural da OMM.

webuzi14Sua Excelência Ministro da Agricultura inaugurou e, na companhia dos participantes, visitou uma exposição de produtos agrários provenientes de todos os distritos da Província de Sofala, bem como produtos representativos das províncias da Região Centro, exposição feita por produtores e instituições públicas, bem como provedores de bens e insumos agrários.